A SAÚDE E A MICROBIOTA INTESTINAL

Com relação ao nosso bem-estar, estudos comprovam que a saúde e a microbiota intestinal estão diretamente relacionadas.

Desse modo, se você deseja ter uma vida melhor e mais longeva, talvez você devesse se preocupar com a mesma.

Ela, portanto, desempenha uma série de funções em nosso organismo, sendo essencial para o seu bom funcionamento.

Tendo esse fato como base, nesse texto pretendemos explorar melhor essa relação. Assim também, mostrar o porquê dos cuidados com a saúde envolverem necessariamente essa parte do nosso corpo.

QUAL A RELAÇÃO DA SAÚDE E A MICROBIOTA INTESTINAL?

A primeira coisa que deve-se ter em mente aqui é que para essa pergunta não há uma resposta objetiva.

Apesar de termos selecionados alguns exemplos para respondê-la, cabe comentar que tanto direta quanto indiretamente a microbiota intestinal se relaciona com a segurança de nosso corpo.

microbiota

Logo, caso você não esteja familiarizado, a mesma é constituída por um complexo de microrganismos vivos. Sobretudo bactérias, que habitam o nosso trato digestivo, que atuam nas mais variadas frentes.

Desse modo, os estudos relacionados ao tema têm crescido cada vez mais. Contribuindo para novas descobertas e a criação de novas camadas de interpretação.

Com isso, existe até mesmo pesquisas que atribuem a ela um efeito anticancerígeno. Impressionante, não é mesmo?

Agora, sem mais delongas, separamos alguns tópicos para ajudar a entender como a microbiota intestinal auxilia na manutenção de nossa saúde e bem-estar.

Leia também: AMADURECIMENTO DA IMUNIDADE E A MICROBIOTA

ELA AJUDA NA DIGESTÃO DOS ALIMENTOS

Pois bem, por se localizarem no intestino, de imediato, é possível pensar que a microbiota está diretamente associada com a digestão dos alimentos.

Digestão de alimentos

Essa impressão está, portanto, corretíssima, sendo as bactérias aqui encontradas, de fato, responsáveis por quebrarem e absorverem certos nutrientes.

Contudo, os benefícios não param por aí. As mesmas auxiliam na produção de enzimas proteolíticas e lipolíticas, que atuam nesse mesmo processo, potencializando essa atividade.

Entre outras coisas, isso acaba sendo excelente para o nosso metabolismo, ajudando a diminuir cólicas abdominais, dores, inchaços, etc.


FORTALECE O NOSSO SISTEMA IMUNOLÓGICO

A relação da microbiota com o sistema imunológico, na realidade, provém do nosso nascimento.

O que acontece é que o bebê sai de um ambiente esterilizado e entra em contato com um conjunto de microrganismos, que, entre outras coisas, vem a formar a microbiota intestinal.

sistema imunológico

Nesse sentido, a mesma contribui para o processo de amadurecimento desse sistema imunológico. Pois o ajuda a diferenciar aqueles que nos fazem mal daqueles que nos fazem bem.

Na atualidade, há ainda pesquisas que tentam estabelecer uma relação entre a forma de parto (tradicional ou cesariana) com a formação desse complexo.

Em todo caso, essa relação permanece ao longo de toda vida toda. De modo que quando há um desequilíbrio relacionado a essas bactérias, a comunicação com o nosso sistema imunológico é enfraquecida, dificultado o seu trabalho.

Em geral, isso acaba contribuindo para uma série de doenças, sendo as doenças autoimunes associadas a esses casos.


CONTRIBUI PARA PRODUÇÃO DE NEUROTRANSMISSORES

Por fim, um dos pontos mais interessantes em relação a esse tema é que a microbiota contribui para a produção de neurotransmissores. Estabelecendo uma ligação direta com nosso cérebro e comportamento.

a saúde e a microbiota intestinal

Um dado valioso é que, por exemplo, 90% da serotonina presente nos seres humanos advém desse complexo, sendo este um número bastante expressivo.

Por sua vez, caso você não saiba, a serotonina está diretamente associada com a sensação de bem-estar, sendo fundamental para o nosso equilíbrio emocional.

Além dela, produz-se a acetilcolina, a adrenalina, a dopamina e outros. Como é impossível pensar a saúde física e emocional sem esses elementos, reitera-se a necessidade de cuidar muito bem da microbiota intestinal.

DICA GERAL – A SAÚDE E A MICROBIOTA INTESTINAL

Para manter a microbiota intestinal em equilíbrio é muito importante se alimentar de forma mais equilibrada e consciente.

Assim, priorize alimentos in natura, que são ricos em substâncias que garantem o desenvolvimento saudável da mesma.

Logo, a saúde e a microbiota intestinal andam juntas, correlacionadas, sendo muito importante o cuidado com a mesma.

Se você deseja saber mais a respeito desse tema, não deixe de ler também nossos outros artigos!

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS!

Deixe um comentário