BACTÉRIAS NOCIVAS AO CORPO: CONHEÇA 5

Bactérias nocivas?

bactérias nocivas

Bom, já escrevemos que nem todas as bactérias são ruins e também já escrevemos sobre algumas bactérias do bem.

Sendo assim, que tal a gente conhecer um pouco sobre algumas bactérias que podem nos fazer mal?

Não precisa ter medo. A informação nos ajuda e entender melhor sobre elas. Também nos mostra como prevenir seus ataques.

Vamos nessa!

BACTÉRIAS NOCIVAS

Clostridium difficile

bactérias nocivas

Essa bactéria é nociva e grave. Comumente conhecida como C. difficile,  a Clostridium difficile  é uma bactéria particularmente desagradável que parece viver em toda parte – no ar, solo, água bem como em fezes humanas e de animais.

Esporos de Clostridium difficile conseguem sobreviver em superfícies por semanas ou mesmo meses, e você pode facilmente ingeri-los só de tocar uma superfície contaminada. A infecção por Clostridium difficile  pode causar diarreia ou até inflamação do cólon com risco de morte.

A Clostridium difficile  parece causar mais problemas em hospitais e clínicas de repouso e é um efeito colateral bastante comum quando se toma antibióticos.

Os idosos e as pessoas com sistemas imunológicos debilitados estão mais suscetíveis a infecções por Clostridium difficile. Entretanto, mesmo pessoas saudáveis podem sucumbir a ela.

Em 2000 surgiu uma nova cepa de Clostridium difficile que é mais resistente a certos medicamentos e produz mais toxinas do que as outras cepas. Essa cepa mais forte apareceu em pacientes que não haviam sido hospitalizados ou tomado antibióticos. Sendo assim, uma higiene cuidadosa – especialmente lavar as mãos – é a melhor defesa contra todas as cepas de Clostridium difficile .

Leia também: BACTÉRIAS – NEM TODAS ELAS SÃO RUINS

Escherichia coli

bactérias nocivas

Esta espécie é considerada nociva. A maioria das cepas de Escherichia coli é relativamente inofensiva e muitas das variedades prejudiciais causam nada mais do que um breve ataque de diarreia. Mas algumas cepas desse tipo de bactéria podem causar doenças graves, incluindo cólicas abdominais, diarreia com sangue e vômito.

Crianças e adultos também estão particularmente suscetíveis a complicações que podem representar um risco à vida, como por exemplo, insuficiência renal.

bactérias nocivas

A Escherichia coli pode contaminar os alimentos ou a água. São fontes comuns de contaminação:

  • Produtos frescos: Se a água utilizada na irrigação das safras estiver contaminada com Escherichia coli, as bactérias podem, por sua vez, contaminar o produto. Embora os sistemas públicos de água utilizem cloro para matar muitas bactérias prejudiciais, o abastecimento privado de água pode ser contaminado pelo escoamento de resíduos humanos ou animais.
  • Carne moída: Quando o gado é abatido para retirar a carne, as bactérias do seu intestino podem contaminar a carne. Uma vez que a carne moída utiliza carne de várias vacas, o risco de contaminação é maior.
  • Leite cru: A Escherichia coli consegue viver na mama das vacas e em equipamentos de ordenha. A pasteurização mata as bactérias, mas a Escherichia coli   pode estar presente em leite não pasteurizado ou cru.

Helicobacter pylori

bactérias nocivas

Considerada como uma das bactérias nocivas, a H. pilory  está associada a úlceras gástricas e gastrites, e as pessoas que têm infecções causadas por essa bactéria parecem ter um risco levemente maior de desenvolver câncer de estômago – embora a ligação, se houver, entre o câncer de estômago e a H. pilory não seja bem compreendida.

A maioria – 80% ou mais – das pessoas que têm H. pilory em seus sistemas digestivos não têm sintomas, o que leva alguns pesquisadores a concluir que essa bactérias potencialmente perigosa é uma parte importante da microbiota intestinal. Infecções causadas por H. pilory são mais comuns nos países em desenvolvimento do que em países industrializados.

Salmonella

bactérias nocivas

Nociva, a Salmonella é a infecção bacteriana mais comumente relatada e causa mais de 1,4 milhões de doenças oriundas da alimentação e cerca de 400 mortes por ano nos Estados Unidos. Há mais de 2.300 cepas de Salmonella; 2 cepas, Salmonella enteritidis e Salmonella typhimurium, são responsáveis por metade de todas as infecções humanas.

A Salmonella é transmitida através de fezes humanas ou animais e pode contaminar os alimentos. Como essa bactéria não altera a aparência, cheiro ou sabor dos alimentos, é facilmente ingerida sem conhecimento.

Infecções causadas por Salmonella  envolvem normalmente náuseas e diarreia. Para casos leves, o tratamento normalmente consiste de líquidos para evitar a desidratação. Às vezes, os médicos prescrevem medicamentos antidiarreicos e/ou antibióticos; os casos graves podem exigir hospitalização.

Shigella

bactérias nocivas

Também considerada nociva, a Shigella causa infecções bacterianas mais comuns em crianças com idade entre 2 e 4 anos. A diarreia, muitas vezes com sangue, é o principal sintoma de uma inflamação causada por Shigella.

Como outras bactérias causadoras de diarreia, a Shigella pode ser contraída por meio de contato direto com as fezes (como ao trocar fraldas ou ajudar crianças quando estão começando a utilizar o banheiro); portanto,práticas boas de lavagem das mãos são importantes. A Shigella também pode ser transmitida por meio de alimentos contaminados, ao beber ou nadar em água contaminada.

Saiba mais: BACTÉRIAS BENÉFICAS – CONHEÇA ALGUMAS

FIQUE ATENTO!!!

Práticas higiênicas são importantes no combate a essas bactérias nocivas, tanto com nosso corpo quanto com nossos alimentos. Manter nossa microbiota intestinal equilibrada também é uma maneira de lutar contra esses bactérias nocivas. Com nossas bactérias do bem fortalecidas, nós também somos mais fortes.

VISITE NOSSO SITE!

Deixe um comentário