COMO CONSUMIR ALIMENTOS FUNCIONAIS?

QUAL A MANEIRA CORRETA DE CONSUMIR ALIMENTOS FUNCIONAIS?

É importante que o consumo de alimentos funcionais seja feito de maneira regular, pois, dessa maneira, seus benefícios serão alcançados. Estudos comprovam que grande parte dos componentes ativos que dão características funcionais aos alimentos, encontram-se nas frutas, vegetais e cereais integrais, por isso, a indicação de maior consumo é pra esses alimentos.

Uma dica importante é substituir em parte o consumo de carne de vaca, embutidos e outros produtos à base de carne vermelha por soja e derivados (especialmente carne de soja e isolados protéicos de soja) ou peixes ricos em ômega 3 (BVS – MInistério da Saúde, 2009).

Os alimentos funcionais precisam fazer parte de uma dieta equilibrada e balanceada, pois apenas desta maneira, eles irão provocar o efeito desejado. Isto quer dizer que, se a pessoa estiver utilizando um alimento para o controle da glicose, ela somente terá resultados positivos, se a ingestão deste estiver associada a uma dieta pobre em açúcar.

CONFIRA ALGUNS ALIMENTOS FUNCIONAIS E SEUS BENEFÍCIOS

– Isoflavonas

Para que servem: Ação estrogênica (reduz sintomas da menopausa) e anti-câncer;

Onde encontrar: Soja e derivados.

– Proteínas de soja

Para que servem: Redução dos níveis de colesterol;

Onde encontrar: Soja e derivados.

– Ácidos graxos ômega-3

Para que servem: Redução do LDL – colesterol; ação antiinflamatória; indispensável para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém nascidos;

Onde encontrar: Peixes marinhos como sardinha, salmão, atum, anchova, arenque, etc.

– Ácido a – linolênico

Para que servem: Estimula o sistema imunológico e tem ação antiinflamatória;

Onde encontrar: Óleos de linhaça, colza, soja; nozes e amêndoas.

– Catequinas

Para que servem: Reduzem a incidência de certos tipos de câncer, reduzem o colesterol e estimulam o sistema imunológico;

Onde encontrar: Chá verde, cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, vinho tinto.

– Licopeno

Para que servem: Antioxidante, reduz níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata;

Onde encontrar: Tomate e derivados, goiaba vermelha, pimentão vermelho, melancia.

– Luteína e Zeaxantina

Para que servem: São Antioxidantes; protegem contra degeneração macular;

Onde encontrar: Folhas verdes (luteína). Pequi e milho (zeaxantina).

– Indóis e Isotiocianatos

Para que servem: Indutores de enzimas protetoras contra o câncer, principalmente de mama;

Onde encontrar: Couve flor, repolho, brócolis, couve de bruxelas, rabanete, mostarda.

– Flavonóides

Para que servem: Atividade anti-câncer, vasodilatadora, antiinflamatória e antioxidante;

Onde encontrar: Soja, frutas cítricas, tomate, pimentão, alcachofra, cereja.

– Fibras solúveis e insolúveis

Para que servem: Reduz risco de câncer de cólon; melhora o funcionamento intestinal. As solúveis podem ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade;

Onde encontrar: Cereais integrais como aveia, centeio, cevada, farelo de trigo, etc; leguminosas como soja, feijão, ervilha, etc.; hortaliças com talos e frutas com casca.

– Prebióticos – frutooligossacarídeos, inulina

Para que servem: Ativam a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino;

Onde encontrar: Extraídos de vegetais como raiz de chicória e batata yacon.

– Sulfetos alílicos (alilsulfetos)

Para que servem: Reduzem colesterol, pressão sanguínea, melhoram o sistema imunológico e reduzem risco de câncer gástrico;

Onde encontrar: Alho e cebola.

– Lignanas

Para que servem: Inibição de tumores hormônio-dependentes;

Onde encontrar: Linhaça, noz moscada.

– Tanino

Para que servem: Antioxidante, anti-séptico, vaso-constritor;

Onde encontrar: Maçã, sorgo, manjericão, manjerona, sálvia, uva, caju, soja.

– Estanóis e esteróis vegetais

Para que servem: Reduzem risco de doenças cardiovasculares;

Onde encontrar: Extraídos de óleos vegetais como soja e de madeiras.

Probióticos – Bifidobactérias e Lactobacillus

Para que servem: Favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo o risco de constipação e câncer de cólon;

Onde encontrar: Leites fermentados, Iogurtes e outros produtos lácteos fermentados.

Estes são os alimentos funcionais estabelecidos pelo Ministério da Saúde até o momento. Manter uma dieta equilibrada e balanceada traz para o indivíduo uma série de benefícios preventivos.

O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre alimentos funcionais, que tal dar início a uma alimentação diferenciada e cheia de benefícios para sua saúde.

Deixe um comentário