Como cultivar Kefir em casa e não deixar morrer?

Kefir é um alimento vivo e probiótico, que se assemelha ao iogurte natural (quando é feito a partir do leite), porém tem valor nutricional bem superior. É fonte de bactérias e leveduras benéficas para o organismo, que atuam no fortalecimento da microbiota intestinal e do sistema imunológico.

Cultivar Kefir em casa é ter a oportunidade de resgatar uma alimentação viva, orgânica e 100% saudável, rica em vitaminas, enzimas e aminoácidos, além de ser muito simples: basta ter os cuidados necessários para não o contaminar e não o deixar morrer.

Se estas são justamente as suas dificuldades quanto ao cultivo do Kefir, continue lendo e veja como proceder do início ao fim!

Como conseguir os primeiros grãos para cultivar Kefir em casa? 

A forma mais comum de cultivar Kefir em casa é recebendo a doação de uma muda (pode ser pequena, como uma florzinha de couve-flor). Mas como nem sempre você conhece um doador, pode procurar por grupos na internet (Facebook ou sites) específicos para doação de mudas de Kefir.

Pelo fato de o Kefir se reproduzir rapidamente em cada processo de fermentação, muitas pessoas disponibilizam mudas para doação, seguindo a tradição de passar a diante o alimento como forma de gratidão pelos benefícios que recebeu.

Mas há também quem prefira vender as mudas, então, fica a seu critério se vai procurar um Kefir doado ou comprar.

Kefir fresco 

Se conseguir uma muda de alguém que more por perto e possa entregar pessoalmente, o Kefir pode estar fresco (hidratado). Neste caso, você poderá começar o a cultivar Kefir em casa imediatamente.

Kefir desidratado 

Quando combina de receber a muda de Kefir de alguém que mora longe, essa pessoa deverá desidratar a muda e enviar pelos Correios, devidamente protegida em um plástico lacrado.

Ao chegar na sua casa, você deverá colocar a muda para hidratar, seguindo o processo que verá mais adiante quando falaremos sobre como proceder caso faça uma viagem e não possa manter o Kefir fermentando.

Quais os itens necessários para o cultivo? 

Os itens necessários para cultivar Kefir em casa são muito simples. Não precisa de um recipiente muito grande, mas é fundamental esterilizá-lo totalmente antes o uso.

Você irá precisar de:

  • Muda de Kefir;
  • Recipientes de vidro esterilizados (para o cultivo e para armazenamento do líquido fermentado);
  • Coador de voal ou tule (São sintéticos e mais higiênicos do que os panos de algodão).
  • Elástico para segurar;
  • Peneira;
  • Leite (para Kefir de leite);
  • Água filtrada e açúcar orgânico de boa qualidade (se for Kefir de água).

Com tudo em mãos, é só começar a cultivar Kefir em casa:

  1. Coloque os grãos hidratados de Kefir no vidro;
  2. Cubra com o leite ou a água e açúcar,
  3. Tampe com o paninho poroso
  4. Deixe em temperatura ambiente e em local escuro por até 48 horas (faça o teste com menos tempo para definir qual sabor agrada mais ao seu paladar).
  5. Coe os grãos, colocando o líquido que será consumido em outro recipiente de vidro e guarde na geladeira.
  6. Por fim, coloque os grãos no vidro (já limpo novamente) e recomece o processo.

Se os grãos estiverem se reproduzido muito, separe uma parte e congele para doar.

Qual o tipo de leite ideal para o cultivo? 

O melhor tipo de leite para cultivar Kefir em casa é integral e orgânico, que vem dos animais criados ao ar livre e que se alimentam de pastagem de boa qualidade, assim terá um leite livre de substâncias tóxicas. Poderá ser leite de vaca, cabra ou ovelha.

Qual é a proporção ideal entre Kefir x Leite? 

A proporção recomendada é de 3 a 4 colheres de sopa de grãos de Kefir para cada litro de leite ou de água. Se utilizar mais ou menos a fermentação será mais rápida ou mais lenta, o que também pode estimular o crescimento exagerado da colônia. Então é melhor manter esta proporção para evitar cultivar Kefir em casa de forma excessiva.

Há regras básicas para o manuseio? 

Sim. O cuidado no manuseio para cultivar Kefir em casa é fundamental para evitar a contaminação da muda. Sempre que for manusear o vidro ou fazer a filtragem e troca de recipientes, esteja com as mãos muito bem limpas e faça o processo em um ambiente igualmente limpo. Além disso:

  • Nunca manipule o Kefir com material feito de metal, ou poderá matá-lo. Use plástico, madeira ou inox;
  • É essencial que os recipientes, tanto para fermentação quanto para armazenamento sejam de vidro, pois esse material não interfere do desenvolvimento e a preservação do Kefir;
  • A esterilização pode ser feita com uma lavagem normal (água, sabão e uma esponja limpa) e depois com um banho de água fervente;
  • Separe todos os materiais que irá utilizar somente para uso exclusivo do Kefir.

Não é necessário lavar a colônia de Kefir sempre que for recomeçar um processo de fermentação. Mas se quiser, a cada duas ou três fermentações, enquanto a colônia ainda estiver na peneira, pode passá-la por água limpa antes de devolver ao vidro.

Como evitar que a colônia morra? 

Primeiro, mantenha todos os cuidados de manuseio para evitar contaminação. Depois, lembre-se que nunca poderá aquecer os grãos de Kefir. Eles morrem.

Depois de feita uma fermentação e o líquido for coado, mantenha a colônia no mesmo recipiente (depois de lavá-lo) e volte a colocar uma nova quantidade de água com açúcar ou de leite para reiniciar o processo.

É recomendado retirar uma parte da colônia reproduzida para congelar ou desidratar, assim, se a sua colônia em fermentação for contaminada, você terá uma quantidade extra para recomeçar o cultivo.

Vou viajar, o que devo fazer? 

Se for ficar dias fora de casa e não tiver ninguém para cuidar do seu Kefir, pode colocar os grãos em um plástico limpo e levar ao congelador., eles permanecem vivos por até 30 dias dessa forma. Quando voltar de viagem, retire do congelador e deixe descongelar em temperatura ambiente.

Agora, a forma descrita abaixo serve tanto para reativar seu Kefir descongelado quanto para hidratar o Kefir que chegou pelos Correios:

Prepare o recipiente de vidro esterilizado com água e coloque os grãos (cerca de uma xícara de água para uma colher de sopa de Kefir). Tampe com o coador e deixe em temperatura ambiente e ao abrigo da luz por 12 horas.

Então, coe os grãos e descarte o líquido. Repita o processo, mas dessa vez deixando fermentar por 24 horas, e passado esse tempo, coe os grãos e descarte novamente o líquido. Se for Kefir de leite, poderá colocar leite ao invés de água para essa segunda etapa.

Depois dessas duas filtragens, você poderá recomeçar o cultivo do seu Kefir normalmente. Se os grãos vieram desidratados e ainda não estiverem na coloração normal, poderá precisar de mais um processo de hidratação antes de começar o cultivo efetivamente.

Como saber se o Kefir está estragado? 

Algumas pessoas ficam receosas sobre cultivar Kefir em casa pelo risco de receber uma muda contaminada, que não tenha sido manuseada corretamente. Mas a única forma de garantir é conhecer a procedência dela. Ao iniciar o cultivo, você perceberá se a muda está saudável, de acordo com seu odor e aparência.

A muda do Kefir de leite deve ser totalmente branquinha, enquanto a muda do Kefir de água terá um aspecto mais transparente ou indo para um bege-caramelo, por conta da coloração do açúcar orgânico. Mas nunca deve ser escurecido. O odor e o sabor serão levemente ácidos, mas nunca deverão ser desagradáveis, como de um leite azedo.

Pronto para cultivar Kefir em casa?

Como você viu, não é tão fácil manter uma colônia do ponto de vista higiênico e sanitário. O Kefir precisa de dedicação e de uma série de cuidados para se desenvolver e fazer bem para a sua saúde. Caso você não disponha de tempo para cultivar os grãos em casa, ainda pode usufruir dos benefícios da bebida no formato de cápsulas, além do Kefir de Frutas.

Gostou do nosso conteúdo? Curta a página da BioLogicus no Facebook e acompanhe as tendências do mundo da alimentação saudável!

8 comentários em “Como cultivar Kefir em casa e não deixar morrer?”

  1. Olá amigos, eu adicionei kefir e kombucha na minha vida fazem 2 anos e só tenho obtido benefícios, alguém aqui ja faz uso desses probióticos a mais de 2 anos ?

    Quais benefícios notaram para a sua saude ?

    Vamos fazer aqui nas postagens troca de experiências e informações sobre esses probióticos naturais fantásticos para a nossa saúde.

Deixe um comentário