Como revender produtos naturais e ter os melhores resultados

Se você vislumbra uma oportunidade de negócio com a ideia de revender produtos naturais, saiba que está no caminho certo para fazer um excelente investimento com alta margem de lucro.

O mercado de produtos naturais cresce exponencialmente no Brasil há alguns anos e a crise vivida no país não é forte o suficiente para pausar esse crescimento.

O segredo para revender produtos naturais e obter sucesso é se planejar, pois mesmo sendo um mercado em alta, não deixa de ser investimento como qualquer outro, e existe todo um plano de negócios que precisa ser traçado para dar um passo de cada vez.

Neste artigo você receberá dicas sobre aspectos comerciais importantes que precisa ter em mente ao decidir revender produtos naturais e se tornar referência na sua área de atuação. Acompanhe!

O mercado de produtos naturais está em alta?

Como mencionamos anteriormente, não há dúvidas de que revender produtos naturais é uma grande oportunidade de negócio esperando para ser aproveitada. A prova disso está por toda parte. É só você buscar por “produtos naturais” na internet que verá milhares de conteúdos informativos sobre o tema.

Mas como apenas essa fonte de informação não é suficiente para um empreendedor que precisa de dados e estatísticas para basear o seu plano de negócio, é bom saber que em 2016, por exemplo, o mercado brasileiro de alimentos naturais movimentou R$93,6 bilhões em vendas, de acordo com uma pesquisa publicada em fevereiro de 2017 pela Euromonitor Internacional.

Com esse resultado, o Brasil se tornou a 5ª maior referência mundial no setor. Afunilando um pouco mais as oportunidades do mercado de produtos naturais, a categoria de alimentos orgânicos obteve um crescimento de 18,5% entre 2012 e 2017.

Como previsão futura, estima-se que haja um crescimento de 4,4% ao ano até 2021, portanto, o mercado para quem pretende revender produtos naturais está em alta e tende a ficar cada vez mais lucrativo, basta saber empreender.

Conheça o mercado mais a fundo

Para revender produtos naturais ou entrar em qualquer outro mercado, você precisa se especializar no assunto: ter o máximo de conhecimento possível sobre os produtos que vende e o mercado no qual atua.

Além de toda a parte administrativa do seu negócio, você também precisa estar atento às necessidades do seu consumidor e às novidades que não param de surgir todos os dias. Mas como se manter atualizado?

É simples, a internet está aí para isso, aliás, você já está se atualizando nesse exato momento, lendo este artigo. Portanto, o melhor a fazer é pesquisar fóruns online, participar de grupos nas redes sociais, inscrever-se em canais do YouTube e assinar newsletters de blogs para receber conteúdos novos no seu e-mail.

Dessa forma você consegue não só se atualizar sobre o que o mercado traz de novo em termos de produtos, mas também conhecer mais profundamente o seu público-alvo: observe nestes canais de comunicação o que as pessoas comentam, questionam, sugerem, desejam e reclamam. Conheça suas características para revender produtos naturais que elas vão querer comprar.

Não menos importante, você também deve ficar atento ao que seus concorrentes estão oferecendo, faixa de preços, variedade e diferenciais.

Defina a melhor forma de revender produtos naturais

Uma decisão muito importante que você precisa avaliar é se vai revender produtos naturais em loja física, online ou nas duas. Veja quais são as principais características de cada uma:

Estrutura de loja física

A estrutura mínima necessária para uma loja física demanda um escritório, local para estoque dos produtos, espaço para exposição, copa e banheiro para os colaboradores. A quantidade de pessoal, os custos mensais e a variedade de produtos a oferecer são muito variáveis conforme o tamanho físico da loja.

Estrutura de loja online (e-commerce)

Mesmo se tratando de vendas online, você também vai precisar de um local para estocar os produtos, vai ter que contratar uma plataforma de e-commerce e colaboradores treinados para atenderem aos clientes online, manter o site e as redes sociais atualizados e fazer os envios das encomendas.

Unindo forças

A grande vantagem aqui é que se você já tiver uma loja física, poderá contar com este espaço para estoque, já terá um escritório e, conforme o volume das vendas, a quantidade de colaboradores não precisará ser duplicada.

Portanto, ter uma loja física e aproveitar para expandir as vendas com uma loja online é uma ótima ideia. Mas lembre-se que você precisará ter um setor administrativo muito bem organizado para separar o faturamento de ambas as lojas e garantir um crescimento saudável do seu negócio como um todo.

Com estes pontos em mente, o primeiro passo para decidir revender produtos naturais em loja física, online ou ambas é consultar seu poder de investimento, se aprofundar nas necessidades de cada modelo de negócio e fazer uma projeção de vendas para os próximos anos.

Disponibilize produtos de qualidade e selecione bons fornecedores

Independentemente da sua decisão sobre abrir uma loja física, online ou as duas, uma premissa não pode ser negligenciada: revender produtos naturais de alta qualidade é imprescindível.

Justamente pelo fato de o mercado de alimentação e vida saudável estar em constante crescimento no Brasil, o público está cada vez mais exigente e educado sobre as características nutricionais de cada produto. O consumidor sabe o que quer, e quando não sabe, busca informação.

A grande vantagem é que junto com esse conhecimento adquirido sobre a importância de analisar a qualidade do que se consome, vem também a consciência do valor agregado. Portanto, o público já sabe que terá de investir mais alto para ter acesso às marcas mais renomadas e confiáveis.

Aproveitando esse gancho, faça contato com fornecedores conhecidos, de boa procedência e experientes. Além da garantia na qualidade do produto, o bom relacionamento com os fornecedores permite que você receba os pedidos no prazo, faça melhores negociações e ganhe prioridade sobre o que eles têm de novo para lhe oferecer.

Lembre-se das obrigações legais

Por fim, apesar de esta ser uma necessidade burocrática administrativa, é sempre bom lembrar que uma loja, seja física ou online, possui obrigações legais para poder funcionar.

Você deve formalizar a empresa, buscar saber sobre as tributações para cada modelo de negócio, conhecer o Código de Defesa do Consumidor e consultar a Vigilância Sanitária, já que irá revender produtos naturais e essa é uma exigência para qualquer ramo alimentício.

Muito bem, agora você já tem mais clareza sobre:

  • O cenário atual do mercado de alimentação saudável no Brasil;
  • Como se manter atualizado para oferecer a melhor qualidade aos seus clientes;
  • O que considerar na hora de decidir abrir uma loja física ou online;
  • A importância de ter bons fornecedores e montar a sua empresa conforme as exigências legais.

Continue em busca de conhecimento mais aprofundado sobre cada detalhe desse negócio tão lucrativo, pois você com certeza terá grande sucesso em revender produtos naturais e se tornar autoridade no ramo. Boa sorte e bons negócios!

Este conteúdo foi útil para você? Quer se tornar nosso leitor e ser avisado quando publicarmos conteúdos novos e úteis toda semana? É só assinar a nossa newsletter. Garantimos que não enviaremos spam!

Deixe um comentário