FITOTERAPIA – AS PLANTAS E A CURA

Já ouviu falar de fitoterapia? Vamos tentar entender? Então vamos nessa!

Antigamente as plantas eram comumente utilizadas para tratamentos medicinais. Porém, com os avanços tecnológicos e o surgimento dos medicamentos químicos, as ervas foram sendo colocadas de lado, principalmente pelo Ocidente. Contudo, hoje, devido aos efeitos colaterais e danosos causados  pelo uso de boa parte desses medicamentos sintéticos, a medicina e o uso popular estão promovendo a volta das plantas com fins terapêuticos. 

Este retorno à natureza traz grandes vantagens: se utilizadas corretamente, as ervas são eficazes, não promovem efeitos negativos no organismo humano e, além disso, ainda são baratinhas! 

A medicina que se utiliza das plantas para o tratamento de doenças é conhecida como Fitoterapia.

O QUE É FITOTERAPIA?

FITOTERAPIA: do grego therapeia = tratamento e phyton = vegetal

Resultado de imagem para fitoterapia

Sem dúvidas, a Fitoterapia é o método da medicina natural mais antigo. Desde o homem pré-histórico, que assim como os animais aprendeu a distinguir as plantas por seus usos, que ervas vêm sendo utilizadas para fins curativos. Sendo assim, a fitoterapia é uma técnica passada de geração para geração, a partir da experimentação prática guiada pela intuição. 

VOCÊ SABIA? Na antiguidade, chineses, egípcios, hindus, gregos e romanos já possuíam informações mais detalhadas do uso das plantas medicinais, pois com o tempo elas acabaram sendo classificadas e catalogadas, a partir de critérios que levavam em conta tanto sua forma, cor, aroma, sabor, quanto suas ligações com os astros e seus atributos mágicos. 

Leia também: PLANTAS MEDICINAIS – VAMOS CONHECER UM POUCO?

BENEFÍCIOS DA FITOTERAPIA

  • Proporciona maior contato com a natureza;
  • Uma única erva para tratar diferentes males;
  • Ajuda no combate de doenças infecciosas;
  • Auxilia no tratamento de doenças alérgicas;
  • Ajuda a acalmar.

ALGUMAS PLANTAS FITOTERÁPICAS

  • Babosa (Aloe Vera): pode ser cultivada tranquilamente na sua casa e horta. Entre os seus benefícios estão: tratamento para queimaduras bem como feridas. Na estética é utilizada em xampus, pois acredita-se que fortalece e dá brilho aos cabelos;
  • Cavalinha: Encontrada facilmente em quase todo o mundo. É rica em cálcio assim também potássio. Funciona como diurético e é usada também para o tratamento de rins e reumatismo;
  • Erva-cidreira (melissa): Também pode ser cultivada na horta ou em casa. Sua propriedade é calmante. Além disso, também é utilizada para combater o estresse e no tratamento de pessoas que sofrem de insônia;
  • Valeriana: Planta comum encontrada na Europa que é indicada para problemas de insônia, pois tem um efeito tranquilizante;
  • Espinheira Santa: Árvore de pequeno porte. Possui um pouco de espinhos. É utilizada para o tratamento de úlceras e problemas estomacais. Uns afirmam que ela ajuda a curar ressaca.
Resultado de imagem para fitoterapia

SE LIGA! Antes de adotar a fitoterapia para algum tratamento, é imprescindível a consulta a um especialista que, a partir da observação dos sintomas, descubra as causas da doença e consiga traçar as diretrizes necessárias. Pois, como a fitoterapia não costuma funcionar em casos emergenciais, ela pode vir a ser indicada pelo especialista como o tratamento único ou auxiliar.

Já conhecia algumas destas ervas fitoterápicas? Então, que tal comprar e cultivar essas mudas? Reflita sobre os hábitos de apenas se medicar com os remédios sintéticos!

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS!

Deixe um comentário