KEFIR ENGORDA OU EMAGRECE?

E aí, o Kefir engorda ou emagrece?

Essa é só mais uma das dúvidas que surgem em torno do Kefir.

Vamos tentar esclarecer juntos?

Let’s go!

CONTROLANDO O PESO

Segundo o Dr. Shekhar K Challa – Gastroenterologista e presidente da Kansas Medical Clinic – a epidemia de pessoas acima do peso e/ou obesas, conta com milhões de pessoas à procura de maneiras de perder peso, e alguns estudos indicam que tomar probióticos pode auxiliar um plano de perda de peso.

Alguns estudos em seres humanos têm mostrado evidências de que, em algum momento no futuro próximo, utilizaremos probióticos para controle de peso.

Pesquisadores da University of Tennesse mostraram que o consumo de três a quatro porções de produtos lácteos por dia pode ajudar a perder mais quilos do que eliminar laticínios (uma tática de perda de peso muito comum).

É possível que a próxima “onda” no controle do peso possa ser equilibrar as bactérias benéficas no sistema digestório.

Um estudo da Stanford University, feito em 2008, descobriu que os probióticos ajudaram pacientes adultos com bypass gástrico a perder ainda mais peso. Os probióticos foram dados a esses pacientes para melhorar o funcionamento do trato gastrointestinal e a qualidade de vida. Mas esses pacientes perderam mais peso do que o esperado.

Um artigo inovador publicado na revista Nature, em 2006, relatou que as populações microbianas no intestino são diferentes em pessoas obesas e magras.

Quando as pessoas obesas perdem peso, as alterações em sua microbiota intestinal tornam-se como aquelas das pessoas magras, o que sugere que a obesidade pode envolver um componente microbiano.

E NO BRASIL?

No Brasil também estão sendo desenvolvidas pesquisas que pretendem desvendar o papel da microbiota na saúde humana. Dessa maneira, uma delas faz a relação entre bactérias e obesidade.

As bactérias desenvolvem um papel importante de imunorregulação, elas auxiliam no metabolismo. O ser humano não tem as enzimas necessárias para transformar fibras em carboidratos, são as bactérias que fazem isso. Dessa maneira, um metabolismo regulado promove a queima de gordura com mais eficiência.

O endocrinologista Mario Saad, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Unicamp explica que o intestino tem entre 600 e 1000 espécies de bactérias – e quanto mais espécies uma pessoa tem, melhor é.

“À medida que uma pessoa engorda, reduz a diversidade da microbiota intestinal. O problema é que a vida moderna proporciona a redução dessa diversidade. A poluição, a comida industrializada, tudo favorece uma microbiota menos diversa, o que deixa o indivíduo mais propenso ao ganho de peso”, esclarece Saad.

O pesquisador também explica que ao longo da evolução nós perdemos a diversidade de bactérias em nossa microbiota. Isso deu espaço para novas doenças, pois ficamos mais expostos às infecções.

Saad ainda cita o exemplo de um estudo desenvolvido na Europa. O estudo analisou a microbiota de moradores da Suíça e de tribos africanas. Como resposta, o estudo mostrou que os africanos possuíam uma diversidade bem maior de bactérias, quando comparados aos suíços.

Assim como Dr. Challa, Saad sugere que pessoas obesas possuem uma quantidade menor de espécies de bactérias no intestino, isso influencia na forma como o órgão absorve os nutrientes, principalmente as fibras. Dessa maneira, com menos bactérias a absorção de fibras diminui e a massa corporal aumenta.

KEFIR ENGORDA OU EMAGRECE?

Bom, o Kefir é conhecido como um probiótico potencializado, justamente pela diversidade de microrganismos que traz em sua matriz. Seu uso de maneira regular, traz consigo vários benefícios ao indivíduo. Um desses benefícios é o equilíbrio da microbiota intestinal.

Kefir engorda

SAIBA MAIS!!!

Segundo a nutricionista Adriana Ávila: “O Kefir também ajuda no processo de emagrecimento, pois a perda de peso ocorre mais facilmente quando a microbiota intestinal está equilibrada.” Sendo assim, o nosso corpo ganha um ambiente favorável ao emagrecimento.

O Kefir é um alimento de baixo nível glicêmico. Pois, os microrganismos presentes nele, utilizam o açúcar como fonte de carbono no processo de fermentação.

Os alimentos com baixos níveis glicêmicos, estão sendo associados à melhora da saciedade. Dessa forma, o Kefir também pode ajudar na perda de peso.

Além de regular o trânsito intestinal, diminuindo a sensação de sobrepeso, os probióticos do Kefir aceleram o metabolismo. Sendo assim, essa aceleração no metabolismo faz com que o indivíduo queime gordura com mais facilidade. A ingestão de Kefir, proporciona a sensação de saciedade e, por isso, o indivíduo diminui o consumo de outros alimentos. Mas, lembre-se, o Kefir sozinho não faz milagres. É preciso manter uma alimentação balanceada e adotar outros hábitos saudáveis, como por exemplo, a prática de exercícios físicos.

Sabendo de todas essas informações agora, você pode tirar suas próprias conclusões. Kefir engorda ou não? Kefir engorda ou emagrece?

Kefir é um forte aliado no combate ao sobrepeso.

REFERÊNCIAS:

Probióticos para leigos – Dr. Shekhar K. Challa

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS.

Deixe um comentário