MANEIRAS DE EVITAR A TRANSMISSÃO DO COVID NO AR

Concept of virus spreading in the city (Coronavirus COVID-19 floating around in Madrid, Spain).

Embora exista muita discussão sobre a forma como a infecção pelo COVID-19 se propaga, até agora tem sido dada pouca atenção à via aérea da infecção, diz a directora do Laboratório Internacional para a Qualidade do Ar e Saúde da Quuensland university of Tecnology (QUT), Professora Lidia Morawska, que há mais de 30 anos investiga a exposição à saúde humana das partículas transportadas pelo ar de fontes naturais e antropogênicas e é uma autoridade mundial reconhecida nesta área.

As pequenas gotículas podem ser expelidas pela respiração ou pela conversa e serem transportadas pelo ar, viajar no fluxo aéreo e potencialmente infectar as pessoas que as inalam. A análise do padrão inicial de propagação da COVID-19 na China revela múltiplos casos de transmissão sem contacto, especialmente em áreas fora de Wuhan, afirma a Professora Morawska.

Em numerosos navios de cruzeiro onde milhares de pessoas a bordo foram infectadas, muitas das infecções ocorreram depois de os passageiros terem sido obrigados a isolar-se nas suas cabinas, apesar de a higiene das mãos ter sido implementada. Por conseguinte, o sistema de ventilação poderia ter espalhado o vírus transmitido pelo ar entre as cabinas..

“Sabemos que o predecessor do Covid-19, o SARS.CoV-1, se propagou no ar no surto de 2003. Vários estudos explicaram retrospectivamente esta via de transmissão no Hospital Príncipe de Gales de Hong Kong, bem como em instalações de saúde em Toronto, no Canadá.

O COVID-19 é transportado pelo ar e pode ser transferido através de micro gotículas ou sistemas de ventilação, mesmo que não tenha tido contacto directo com a pessoa infectada. Para reduzir a possibilidade de transmissão por via aérea, siga estes cinco passos:

– Uma melhor ventilação dos locais públicos interiores para remover o vírus que transporta as partículas para o exterior,

– Não fazer recirculação de ar. Os edifícios comerciais frequentemente recirculam o ar para poupar energia. Normalmente esta é uma boa medida, mas não é segura neste momento.

– Utilizar ventilação natural.

– Certifique-se de que não se encontra no fluxo de ar directo de outra pessoa

– Limitar o contacto com outras pessoas

– Minimizar o número de pessoas que partilham o mesmo ambiente

– Proporcionar ventilação adequada em lares, hospitais, lojas, escritórios, escolas, restaurantes e navios de cruzeiro.

A Professor Morawska disse que as máscaras N95 ofereciam uma boa protecção, mas deveriam ser colocadas no rosto e usadas corretamente – “não brincar com elas, colocá-las e retirá-las e eliminá-las correctamente”.

“As pessoas devem lavar as mãos depois de retirar uma máscara antes de comer ou beber e depois lavar as mãos depois de a voltar a colocar. Caso contrário, estará transferindo os vírus capturados na parte da frente da máscara para a sua boca ou tocando no seu rosto”.

Deixe um comentário