PERFORMANCE ESPORTIVA E MICROBIOTA

Qual relação posso encontrar entre a performance esportiva e a microbiota intestinal?

Para ter uma vida saudável é essencial conhecer bem o nosso corpo. O mesmo desempenha inúmeras funções. Negligenciá-lo, privilegiando hábitos ruins para a sua saúde, em longo prazo, pode acarretar em uma série de problemas.

Dito isso, pouca gente sabe, mas o nosso organismo possui inúmeras bactérias e as mesmas não são necessariamente ruins, pelo contrário. Existe um grupo, conhecido como microbiota intestinal, que traz para nós muitos benefícios.

Mais recentemente, esses microrganismos têm sido utilizados, inclusive, para melhorar a performance esportiva, como veremos nesse artigo. Conheça agora um pouco mais a respeito dessas bactérias boas!

POR QUE A MICROBIOTA INTESTINAL AJUDA NA PERFORMANCE ESPORTIVA?

PERFORMANCE ESPORTIVA

Primeiramente, é necessário pontuar que microbiota nada mais é do que um conjunto de microrganismos que habitam um ambiente específico. A microbiota intestinal trata, então, daqueles que vivem especificamente no trato digestivo.

Desse modo, como mencionado anteriormente, esta é composta principalmente por bactérias, que na realidade são boas e tem um efeito positivo para o nosso corpo.

Entre eles, podemos destacar os seguintes:

  • A melhor absorção de nutrientes;
  • A melhora da constipação;
  • A metabolização dos medicamentos;
  • A diminuição das chances de alergia alimentar devido a impedirem a translocação de patógenos;
  • O auxílio na digestão, por colaborarem na produção de enzimas proteolíticas e lipolíticas;
  • O fortalecimento do sistema imunológico;
  • A recuperação da integridade da parede do intestino;
  • O efeito anticancerígeno.

São justamente esses fatores que têm chamado a atenção da comunidade esportiva e proporcionado aos atletas melhores resultados. Ou seja, cuidando da microbiota intestinal os atletas alcançam melhor performance esportiva.

Acontece que se percebeu que a realização de intensas atividades físicas durante um período prolongado de tempo, sem o devido descanso, resulta na liberação de hormônios de estresse e citocina inflamatória.

Por sua vez, estes dois contribuem para a diminuição das células bacterianas boas. Isto causa certo desequilíbrio e aumenta as células bacterianas prejudiciais ao nosso bem-estar.

PERFORMANCE ESPORTIVA

A esse desequilíbrio da microbiota intestinal dá-se então o nome de disbiose intestinal. Sendo recomendado procurar um médico especializado assim que surgirem os sintomas.

Nesse sentido, as dores musculares, a fadiga e a insônia podem ser aqui citados (e são, de fato, muito comuns nesse segmento).

Percebeu-se, portanto, que a suplementação de probióticos, reequilibrando esse ecossistema, acabou gerando para os atletas maior resistência e menor incidência de doenças em longo prazo.

Logo, para esse grupo em especial, a microbiota intestinal não garante somente o bom funcionamento do metabolismo, mas também ajuda a aperfeiçoar as suas habilidades e, consequentemente, os seus resultados.

Leia também: KEFIR ANTES OU DEPOIS DO TREINO?

CONHEÇA ALGUMAS BACTÉRIAS PRESENTES NA MICROBIOTA INTESTINAL

Para conhecer mais um pouco a respeito desse universo das bactérias que, na realidade, fazem bem para nosso corpo, desenvolvendo funções cruciais para o nosso organismo, selecionamos os dois principais exemplos.

Confira-os a seguir:

BIFIDOBACTÉRIAS

A primeira bactéria a ser aqui apresentada é a bifidobacterium. Estas são, por sua vez, um dos maiores grupos de bactérias encontrados na microbiota intestinal, localizando-se no cólon.

As mesmas são de gênero anaeróbico, ou seja, não precisa do oxigênio para o crescimento, e atuam, portanto, como um probiótico favorável ao nosso organismo.

LACTOBACILLUS

Assim, os lactobacillus são também outro importante grupo de bactérias presentes nessa cultura, sendo, além de fundamental para a saúde intestinal, também uma das mais conhecidas.

Assim, esperamos que tenha ficado evidente que o nem toda bactéria representa necessariamente uma ameaça e que é importante cuidarmos daqueles que nos fazem bem, pois elas são essenciais para o nosso corpo.

Em relação à prática de atividades físicas, talvez mais interessante do que utilizar suplementos seja prezar por uma alimentação mais saudável. Com toda a certeza isso gerará excelentes resultados!

Se você gostou desse artigo e deseja saber mais a respeito desse tema, não deixe de conferir nossas outras publicações.

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS!

RecebaNovidades

Deixe um comentário