PROBIÓTICOS COM PSYLLIUM – TRÂNSITO LIVRE

Você já ouviu falar de probióticos com psyllium? E apenas do psyllium?

Vamos tentar esclarecer sobre este assunto juntos?

Let’s go!

A ORIGEM DA PALAVRA ENFEZADO

Segundo o Dicionário informal, a palavra enfezado significa uma pessoa cheia de fezes e nervosa. Isso surgiu no tempo da escravidão: os prisioneiros faziam suas necessidades em barris porque eles não tinham banheiro. Por sua vez, quando o barril enchia eles escolhiam os prisioneiros mais fortes e comportados para levar o barril.

O prisioneiro que levasse o barril podia se banhar no rio. Naquele tempo eles só tomavam banho uma vez por mês, então quando eles levavam o barril cheio de fezes, as fezes caiam neles e eles falavam que estavam enfezados porque estavam cheios de fezes e estavam estressados, nervosos. Sendo assim, essa palavra cai bem para designar uma pessoa que não evacua todos os dias e vai se enchendo de fezes.

Na época de Luis XIV, os médicos costumavam perguntar nas consultas: “ Como vais?” significando que estava perguntando como a pessoa ia ao banheiro, como estava sua saúde intestinal. Dizem que desta expressão vem a nossa de sempre saudar as pessoas dessa forma: Como vai?

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL

Sabe-se que a constipação intestinal afeta muitas pessoas no mundo inteiro, sendo as mulheres e as crianças os mais afetados, seguidos pelos idosos.

O ideal é que as evacuações sejam feitas sem esforço, e que as fezes não sejam pegajosas, que tenham forma, de cor marrom (não muito claras e nem muito escuras) e devem afundar sem flutuar.

Sendo assim, se as deposições são duras e separadas, se flutuam ou parecem com cocô de cabra, pequeninas, quase sempre se deve à falta de fibras e água no bolo alimentar e a um desequilíbrio da microbiota intestinal.

FIBRAS E TRÂNSITO INTESTINAL

As fibras que se deve dar preferência são as fibras solúveis, que têm grande capacidade de reter líquido, aumentando o volume da massa fecal e dando-lhe uma consistência adequada que faz o trânsito intestinal ser suave.

Dentre esses tipos de fibra, encontramos o Psyllium (Plantago ovata), que também é útil para combater a Síndrome do intestino irritável (SII) bem como para colite ulcerosa e até mesmo contra a diarreia.

Além de atuar dessa forma, essa fibra também ajuda no colesterol alto, na hipertensão, na diabete, no câncer, no controle de peso e em enfermidades renais graves.

probióticos com psyllium

SAIBA MAIS!

PROBIÓTICOS COM PSYLLIUM

probióticos com psyllium

Junto com o Psyllium, o ideal é tomar probióticos em cápsulas, como o suplemento inteligente Kefir Real com magnésio, já que esse mineral tem um ligeiro efeito laxante que aumenta de maneira natural o peristaltismo. Dessa forma, pode-se reequilibrar a microbiota intestinal, com um consequente conforto digestivo.

O ideal é consumir os suplementos probióticos junto com o Psyllium  pela manhã em jejum e a noite antes de dormir, permitindo não somente melhorar o equilíbrio da microbiota intestinal, mas também evitar problemas inflamatórios e restabelecer a integridade da mucosa. Sob o mesmo ponto de vista, determinados metabólitos dos probióticos também contribuem para esse equilíbrio.

Sem dúvida, estar com o intestino em dia é a maior fonte de satisfação e felicidade. Afinal, a felicidade começa no cólon!

Ingerir probióticos com psyllium, é a ajuda simbiótica que seu organismo necessita.

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS!

REFERÊNCIAS:

Lambeau, K. V., & Johnson W., M. J.. Fiber supplements and clinically proven health benefits. American association of nurse practitioners, 2016, 1-8.

Robinson, R.R,, Feirtag, J., Slavin, J.L. Effects of dietary arabinogalactan on gastrointestinal and blood parameters in healthy human subjects. J Am Coll Nutr. 2001 Aug;20(4):279-85.

https://www.lineaysalud.com/salud/medicinas-alternativas/plantago-ovata-psyllium

 

7 comentários em “PROBIÓTICOS COM PSYLLIUM – TRÂNSITO LIVRE”

Deixe um comentário