PROBLEMAS DE SAÚDE E PROBIÓTICOS

A microbiota é realmente incrível. Inclusive, ela é capaz de combater muitos problemas de saúde considerados preocupantes. Sendo assim, muitas pessoas querem ter alimentos probióticos nas suas mesas regularmente.

Mas quais são essas doenças? Neste artigo, falaremos exatamente sobre isso, e veremos mais detalhes sobre cada doença. Assim vamos ver agora mesmo quais são esses problemas.

BAIXA IMUNIDADE, UM DOS PIORES PROBLEMAS DE SAÚDE

Basicamente falando, os probióticos ajudam a deixar nosso sistema de defesa afiado.

Isso porque, quando as bactérias chegam no intestino, auxiliam o sistema imunológico a se fortalecer.

Assim, o sistema imunológico se mantém ativo, de modo que se encontre apto a reagir contra os microrganismos causadores de doenças.

problemas de saúde

PROBLEMAS INTESTINAIS

Sabe-se que mais de 70% da microbiota se encontra no intestino, e, por isso, é natural que encontremos um impacto maior nessa região.

Além disso, os probióticos, junto dos simbióticos, estão no tratamento da constipação.

Bactérias, como Bifidobacterium animalis, se encontram em alguns iogurtes, que tendem a incitar os movimentos peristálticos. Estes são responsáveis para o “bom andamento” das fezes.

problemas de saúde

Muitos estudos mostraram que algumas bactérias reduzem o tempo de diarreia, assim também as visitas ao banheiro provocadas pela diarreia.

Leia também: MICROBIOTA INTESTINAL DANIFICADA – 10 SINAIS

OBESIDADE

A microbiota em uma pessoa obesa é diferente da de alguém com peso normal.

Uma palestra realizada no Centro Universitário São Camilo, em São Paulo, mencionou que o uso de probióticos diminuiu de 40 a 50% o ganho de massa corporal.

DOENÇAS BUCAIS

Um dos problemas de saúde mais comuns, doenças bucais, são combatidas por meio dos macrobióticos.

Em alguns estudos, notou-se que associar o tratamento-padrão de periodontite com suplementos probióticos melhora a resposta dos pacientes à intervenção.

COLESTEROL E PRESSÃO

Alguns profissionais concordam que linhagens do gênero LactobacillusBifidobacterium são capazes de assimilar o colesterol no intestino.

Isso reduz os níveis para a absorção pelo corpo.

Porém, ainda são necessários alguns estudos para dar um desfecho digno a este assunto.

CHATEAÇÕES ÍNTIMAS

Candidíase e vaginose são quase 90% dos maiores incômodos nas mulheres com idade reprodutiva, tendendo a ser bem recorrentes. Porém, a absorção de probióticos ajuda a driblar esses problemas.

Ingeri-los através de suplementos ajuda a mudar a microbiota intestinal, de modo que consiga trazer benefícios a vagina.

Assim, os microrganismos prejudiciais não encontram uma brecha para se proliferar.

IRRITAÇÕES DE PELE

Manter o intestino regulado com ajuda dos probióticos deixa a cútis mais viçosa.

Os probióticos ajudam a conter o processo de inflamação que acaba resultando em lesões na pele, um dos problemas de saúde mais comuns.

Alguns estudos recentes mostram que algumas bactérias ainda conseguem enfrentar o problema com a acne.

Porém, para ter esses efeitos, é recomendado manter uma ingestão frequente.

CÂNCER

O câncer é um dos problemas de saúde que mais causa medo nas pessoas, especialmente nas mulheres.

É recomendado prevenir a disbiose, já que isso diminui o risco de tumores e particularmente os colorretais. Disbiose pode ser classificado como o domínio de bactérias ruins na microbiota intestinal.

Nessa região poderíamos ter uma inflamação, que, com o tempo, acaba predispondo ao câncer.

Dessa forma, é preciso ter uma dieta equilibrada, de forma que contenha alimentos com probióticos.

ESTRESSE E ANSIEDADE

Já falamos anteriormente que há uma grande conexão entre o intestino e o cérebro. Sendo assim tem uma tendência em ligar os probióticos a impactos no sistema nervoso.

problemas de saúde

Assim, muitos profissionais fazem uma ligação entre a ingestão de probióticos e o bom funcionamento do sistema nervoso.

Há bactérias que produzem moléculas precursoras de serotonina que estimula a liberação da gaba.

Estes são neurotransmissores associados ao controle de ansiedade bem como a sensação de felicidade.

CONCLUSÃO

Sem dúvidas, é difícil encontrar alguém que consiga imaginar que a microbiota combate tantos problemas de saúde. Por isso, ter esse conhecimento é o bastante para saber que estes alimentos com este componente devem estar na sua mesa sempre que possível. Assim, você irá prevenir todas essas doenças e ainda ter uma grande quantidade de benefícios para sua saúde.

VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS!

Deixe um comentário